Em seu último discurso como primeira-dama, Michelle Obama diz que imigrantes "transformaram os EUA na melhor nação do mundo"

Michele Obama diz que imigrantes transformaram os EUA na melhor nação do mundo em seu último discurso como primeira dama dos EUA Manuel Balce Ceneta AP

(Michele Obama afirmou que a "Diversidade não é uma ameaça" em seu último discurso. Foto: Manuel Balce Ceneta/AP)

 

 

Em seu último discurso como primeira-dama dos EUA, Michelle destaca papel dos imigrantes na sociedade americana e direciona mensagem a jovens: "Vocês importam". Em último discurso como primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama afirmou nesta sexta-feira (06) em evento na Casa Branca que a "gloriosa diversidade" do país não é uma ameaça.

"Quero que todos nossos jovens saibam que esse país pertence a vocês, a todos vocês", disse Michelle em discurso emocionado.

A primeira-dama, que não fez menções ao presidente eleito dos EUA, Donald Trump, afirmou que os imigrantes "transformaram os EUA na melhor nação do mundo" e "são parte de uma orgulhosa tradição americana de receber os estrangeiros".

Michelle destinou sua mensagem final aos jovens. "Não deixem que ninguém diga que vocês não importam ou que não têm lugar na história americana", disse ao ressaltar, em lágrimas, que ter sido primeira-dama dos EUA foi a maior honra de sua vida.

Michelle e Barack Obama vão deixar a Casa Branca em 20 de janeiro, data da posse de Trump, numa cerimónia pública junto ao edifício do Capitólio, em Washington.

 

 

Retirado de: noticias.terra.com.br/diversidade-nao-e-ameaca-diz-michelle-obama,f27243e9c0752c8e673860a581ac812bpv3luagn.html