No dia 10 de novembro, o Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH) e o Centro de Acolhida Casa Bom Samaritano participaram de uma aula especial com os alunos do CEUB, unidade Asa Norte em Brasília. Ir. Rosita Milesi, diretora do IMDH, e os colaboradores da Casa Bom Samaritano, falaram sobre a experiência do projeto “Acolhidos por meio do trabalho” com migrantes e refugiados venezuelanos.

O encontro foi articulado em parceria com os professores e alunos do projeto de extensão Balcão de Refugiados. O projeto objetiva formar uma iniciativa de apoio e acolhimento à população em situação de mobilidade e de refúgio. Para isso, busca-se criar parcerias com instituições nacionais e internacionais, assim como disseminar informações a certa desta situação.

Ir. Rosita Milesi, diretora do IMDH, falou sobre a atuação da instituição em Brasília e Roraima. Também contextualizou a trajetória percorrida e as articulações para dar início aos trabalhos da Casa Bom Samaritano, projeto que acontece em parceria com a AVSI Brasil e CNBB, acolhendo migrantes e refugiados da Venezuela.

O aluno Matheus Rocha, estudante do CEUB, falou sobre a sua experiência como voluntário da Casa Bom Samaritano. “Uma das intenções da organização deste evento é justamente propor aos alunos e à comunidade uma tomada de consciência a respeito das questões humanitárias e de Direito Internacional, percebendo que a realidade dos migrantes e refugiados não está distante de nós”, destacou o acadêmico.

O projeto Balcão de Refugiados também quer estimular o desenvolvimento de parcerias com outras instituições. A ação quer incentivar o corpo acadêmico no engajamento em projetos que integrem a comunidade, bem como ajudá-los a desenvolver habilidade relevantes em âmbito profissional. Além disso, propiciar ajuda direta e indireta à população migrante e refugiada.