Parceria entre Agência da ONU para as Migrações (OIM) e o Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH) promove projeto que busca desenvolver habilidades de refugiados e migrantes para o mercado de trabalho e para capacitar instituições atuantes na pauta migratória.

A realidade de refugiados e migrantes que enfrentam dificuldades em estabelecer iniciativas próprias de geração autônoma de renda foi motivadora para a implementação do projeto Oportunidades Duradouras. A parceria entre a OIM e o IMDH/Fundação Scalabriniana tem o objetivo de apoiar venezuelanos com ações que promovam soluções duradouras. Esse projeto dá continuidade à parceria entre as duas instituições iniciada em 2021 com o Projeto Oportunidades: Construindo Pontes. As atividades implementadas apoiaram 240 refugiados e migrantes e no Distrito Federal nas áreas de empreendedorismo, planejamento financeiro para mulheres, capacitação de jovens e orientações sobre o mercado de trabalho.

O atual projeto Oportunidades Duradouras, com duração de fevereiro a agosto de 2023, visa beneficiar pessoas venezuelanas buscando documentação relacionada ao mercado de trabalho e mulheres empreendedoras que estejam desenvolvendo projetos próprios de geração de renda. O projeto está voltado também à capacitação de organizações da sociedade civil e associações de migrantes e refugiados.

Como o projeto vai acontecer
A iniciativa prevê a implementação de dez projetos de empreendedorismo liderados por mulheres refugiadas e migrantes com atenção especial para pessoas indígenas, negras e LGBTQIA+; a realização de duas oficinas sobre inserção laboral no Brasil; apoio na documentação laboral e orientação sobre prevenção à violência baseada em gênero para 300 refugiados e migrantes; e realização de duas oficinas on-line sobre incidência política voltada para 25 instituições e associações que atuam na agenda migratória.

A diretora do IMDH, Irmã Rosita Milesi, expressa que “O IMDH e a OIM firmam essa parceria para unir o compromisso de ambas as instituições em proporcionar meios de inclusão no mercado de trabalho, fortalecer as habilidades pessoais e propiciar condições que favoreçam a inserção econômico laboral de refugiados e migrantes na comunidade e nos espaços em que desejam alcançar sua autonomia cidadã”.

De acordo com Thais La Rosa, coordenadora de projetos da OIM, “O projeto tem como um de seus pilares a promoção da cidadania e autonomia das pessoas refugiadas e migrantes, seja através de apoio em regularização migratória ou ações que promovam a integração socioeconômica desse público via qualificação laboral. Esta parceria entre OIM e IMDH chega para fortalecer a rede de apoio dessas pessoas residentes no Distrito Federal e entorno”.

O Oportunidades Duradouras é executado pelo IMDH em parceria com a OIM, contando como parceiros a Administração de São Sebastião (DF) e outras organizações não governamentais. Essa iniciativa é realizada no âmbito do projeto Oportunidades – Integração no Brasil, implementado pela OIM com o apoio financeiro da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).