Iniciativa busca dar mais visibilidade para empresários refugiados com conteúdos de capacitação e mentoria.

A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e a Rede Brasil do Pacto Global lançaram nesta manhã (10/02) a Plataforma Refugiados Empreendedores: https://www.refugiadosempreendedores.com.br. A iniciativa tem por objetivo dar maior visibilidade aos empresários refugiados que residem em diversas cidades brasileiras e reúne recursos e informações para pessoas refugiadas e migrantes dispostas a iniciar ou fortalecer os seus negócios no Brasil.

A plataforma Refugiados Empreendedores é um repositório de conteúdo valioso, com materiais de apoio, capacitação e mentoria para refugiados e outras pessoas de interesse dispostas a iniciar ou fortalecer os seus negócios no Brasil e conta com o apoio da Aliança Empreendedora, Migraflix, IFC (organização do Grupo Banco Mundial), Facebook e Estados Unidos. Além disso, consumidores brasileiros podem acessar a página para conhecer a trajetória dos empreendedores refugiados e adquirir seus produtos e serviços, incentivando assim o desenvolvimento de seus negócios.

“Cada vez mais pessoas refugiadas estão empreendendo do Brasil, gerando renda e contribuindo com as comunidades onde estão inseridas. No contexto da Covid-19, tiveram que superar novos desafios, em especial por meio do comércio eletrônico. Para o ACNUR, é fundamental que refugiados empreendedores possam ter apoio para a criação, manutenção e expansão de seus negócios. A plataforma Refugiados Empreendedores, para além de dar visibilidade as suas histórias de superação e resiliência, permite que mais pessoas possam acessar aos produtos e serviços oferecidos por esses empreendedores em suas redes sociais”, afirma Paulo Sergio Almeida, Oficial de Meios de Vida do ACNUR.

“A Rede Brasil do Pacto Global, junto com o ACNUR, tem promovido uma série de iniciativas que buscam apoiar o trabalho dos refugiados aqui no Brasil e a plataforma Refugiados Empreendedores é mais um importante meio para isso. Além das dificuldades naturais para os empreendedores, há todo o contexto da crise por conta da pandemia, por isso acreditamos que a troca de informações e a capacitação que a plataforma propões será muito importante para todas e todos”, afirmou Carlo Pereira, diretor-executivo da Rede Brasil do Pacto Global.

O lançamento da plataforma Refugiados Empreendedores aconteceu em evento online que pode ser visto nas páginas do Youtube do ACNUR e do Pacto Global.